Eventos na Forquilha de Replicação

 

 

     a)Quebra no pareamento de bases

     Durante a replicação do DNA é necessário que as duas hélices se separem, para que  essas hélices se separarem deve haver uma quebra no pareamento de bases, essa  quebra é realizada pela enzima endonuclease.

     Após a quebra do pareamento de bases as proteínas de ligação unifilamentar (SSBs)  entram em ação, elas vão se ligando ao DNA unifilamentar para impedir a ligação  imediata das hélices.

     Assim formada a forquilha de replicação, essa forquilha fornece os moldes nos quais o  DNA polimerase III vai trabalhar.

 

     b) Filamentos de replicação contínua e descontínua

     A extremidade onde está a "bolha" de replicação é chamada de forquilha de  replicação.

     Uma "bolha" de replicação pode ter uma ou duas forquilhas. Se tiver apenas uma  forquilha significa que a replicação é unidirecional e se tiver duas forquilhas a  replicação é bidirecional. Com base nos estudos autoradiográficos, demonstrou-se  que  a replicação do DNA é bidirecional (uma "bolha" de replicação com duas  forquilhas que se movimentam em sentidos opostos).

 

Fonte: http://www.virtual.epm.br/cursos/biomol/replica/html/3.htm

Figura 35: A primeira imagem mostra uma bolha de replicação com somente uma forquilha portanto a replicação é unidirecional, a segunda mostra uma bolha de replicação com duas forquilhas sendo essa replicação bidirecional.