Filamentos de Polinucleotídeos

 

 

Filamentos de Polinucleotídeos: Vários nucleotídeos ligados por ligações fosfodiéster.

 

DNA: Sequência de 4 nucléotideos ligados por ligações fosfodiéster.

 

Ligações Fosfodíester: (Ligações covalentes feita entre o grupamento fosfato 5’ de um  nucleotídeo e o carbono 3’ do açúcar do outro nucleotídeo), ligação responsável por  ligar um nucleotídeo ao outro. São ligações estremamente fortes.

 

              Fonte: http://profs.ccems.pt/olgafranco/botoes/rna.gif Adaptado por Rossi R.L.

                Figura 19: Estrutura de um polinucleotídeo: a marcacão indica a ligacão fosfodiéster.

 

Estrutura dos filamentos de Polinucleotídeos: Estrutura composta de açúcares e fosfatos  alternados; as bases se projetam do eixo longo do filamento. As cargas negativas dos  grupamentos fosfatos são frequentemente neutralizadas pela associação das cargas  positivas de proteínas, metais ou outras moléculas       

Característica importante do filamento polinucleotídeo: Os filamentos tem um sentido  ou  uma polaridade.

Ponta 5’:Uma ponta do filamento em que o grupamento fosfato está ligado ao átomo de  carbono 5’do açúcar – (sentido 5’: a fita esta no sentido de baixo para cima)

Ponta 3’ : Uma ponta do filamento em que o grupamento OH está ligado ao átomo de  carbono 3’ do açúcar –

(sentido 3’: a fita está no sentido de cima para baixo)