Webnode

Ligação Gênica

 

 

      No início do século 20, Bateson e Punnet estudavam a herança nas ervilhas de cheiro.  Nelas ocorrem dois pares de alelos que afetam a cor de flores e formas de grão de pólen, onde cada par estria exibindo dominância completa:

 

R - flores púrpura                              Ro - polens longos

 

r - flores ermelhas                              ro - polens redondos

 

    No entanto Batenson  Punnett, não foram capazes de explicar por que foi obtido maior proporção de flores púrpura  comlongo e maior proporção de flores vermelhoas portando pólen redondo, como resultantes do cruzamento. Isso foi por que não relacionaram os fenótipos observados com o comportamento dos cromossomos na meiose. Estudos genéticos posteriores, evidenciaram que os genes para cada cor de flor e forma de grãos de pólen são ligados, isto é, situam-se no mesmo cromossomo. Os resultados obtidos por eles foram:

 

     4.831 púrpuras longas                     391 vermelhas longas

 

       390 púrpuras redondos                       1.338 vermelhas redondas

    Entretanto, não conseguiram os relacionar com os conhecimentos da genética daquele período.